Primeiro Congresso de Agroecologia do Semiárido

Primeiro Congresso de Agroecologia do Semiárido

Pellentesque habitant morbi tristique senectus et netus et malesuada fames ac turpis egestas.
Nulla at risus. Quisque purus magna, auctor et, sagittis ac, posuere eu, lectus.
Nam mattis, felis ut adipiscing."

Lorem ipsum dolor sit amet, consectetuer adipiscing elit.

Postado em: qui, 15/10/2015 - Atualizado em: sab, 23/06/2018 - 20:30
imprimir

A COOPERVIDA está participando do I Congresso de Agroecologia do Semiárido e VII Simpósio Brasileiro sobre Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável do Semiárido, o evento é uma realização do IFRN, UFERSA, UERN, NUMA (Núcleo Macambira de Ensino, Pesquisa e Extensão), NEA (Núcleo de Estudos em Agroecologia) e GVAA (Grupo Verde de Agricultura Alternativa) com os parceiros EMBRAPA, UFRN, UFC, UFRPE, SEBRAE, CREA, INCRA, MAPA, EMATER, RN Sustentável, ASA (Articulação Semiárido) e outros. Dois trabalhos foram apresentados pela instituição, com experiências de agricultores/ as tanto do território Açu/Mossoró como do Sertão do Apodi.

No Território Açu Mossoró foi apresentada experiências de agricultores / as em comunidades e assentamentos e se estes estão praticando a cultura de armazenar sementes crioulas em suas comunidades, garantindo-as para a plantação dos anos seguintes espécies mais adaptadas à região semiárida.

Artigo intitulado como: SEMENTES CRIOULAS E OS GUARDIÕES /ÃS DA BIODIVERSIDADE. E no Território Sertão do Apodi, um relato de experiência através das atividades desenvolvidas, na perspectiva agroecológica, por 06 grupos de Mulheres nas comunidades de Lagoa Seca, Juazeiro, Tabuleiro Grande, Caiçara, Paulo Canapum e Sítio do Góis - Apodi/RN, sendo que de forma direta (nas áreas), foram realizadas ações como planejamentos, reuniões, oficinas temáticas, palestras, cursos, implementação das Unidades Demonstrativas e acompanhamento as atividades produtivas coletivas.

Intitulado como SISTEMAS PRODUTIVOS DE BASE AGROECOLÓGICA: EXPERIÊNCIA DAS MULHERES DA CHAPADA DO APODI/RN. Neurivan Vicente, coordenador administrativo da COOPERVIDA relata a importância da instituição estar participando do evento “ A COOPERVIDA a partir da construção do seu marco estratégico vai estreitar seus laços com as instituições de ensino e pesquisa. Uma estratégia adotada para atingir essa meta será publicação de matérias produzidos a partir das ações realizadas nos projetos executados. Isso vai mostrar que o trabalho realizado pelos agricultores /as é fruto de um conhecimento acumulado que deve ser valorizado, respeitado e publicado também no campo cientifico”.

 

O Evento está acontecendo de 13 a 16 de outubro na UFERSA (EXPOCENTER), com rodadas de mesas redondas e ciclos de palestras, contribuindo no conhecimento, na formação curricular e no senso crítico dos participantes, bem como, procurando discutir os gargalos que dificultam a agroecologia. Há também minicursos, visitas técnicas e trocas de sementes (espaço destinado para que os agricultores (as) permutem sementes e mudas de espécies nativas e exóticas que produzam em regiões semiáridas) além da feira da agricultura familiar que está localizada na Expocenter, apresentando e comercializando os produtos da agricultura familiar (Mel, Queijos, rapadura, artesanatos, sementes etc.) e utensílios, gerando oportunidade de negócios e divulgação dos produtos da região.

Tags: