COOPERVIDA


Na manhã desta quinta-feira (09) aconteceu no auditório na COOPERVIDA, o encontro da microrregião Assú-Mossoró.

img

Espaço de discussão dos projetos, com as lideranças das associações e comissões municipais (CEM) que fazem parte da Articulação no Semiárido Brasileiro (ASA), para discutir os pontos de pautas relacionados a Conjuntura Política, ENCONASA, P1MC e P1+2 Prospecção, Eleições da Asa Potiguar e os 15 anos da COOPERVIDA. 

img

 

Após os informes e repasses, foi o momento de Antônio Nilton Bezerra Junior, da Comissão da Pastoral da Terra,

fazer uma discussão sobre a conjuntura política do estado e do país, elencando pontos considerados importantes para esse momento político, e reforçando a ideia de que as discussões políticas devem ser levadas até as comunidades rurais, mostrando a importância da organização destas, para que os avanços continuem sendo alcançados.

 

 

O agricultor Irailson, mais conhecido por Liliu, do Projeto de Assentamento Jurema-Mossoró, sugeriu: “Para que se fortaleça essas discussões políticas nas comunidades, há uma necessidade que em todas reuniões sejam discutidas questões relacionadas a conjuntura política. Reconhecemos que as pessoas já estão mais informadas e conscientizadas, mas precisamos melhorar para podermos avançar.”

 

Em seguida, foi a hora da secretária do ENCONASA, Wberlhane, apresentar para os participantes, o tema, objetivos e a programação pretendida para o evento. “ASA 15 anos - Ampliando a Resistência, Fortalecendo a Convivência – foi o tema escolhido para o evento. “É com esse tema e com uma caminhada histórica de 15 anos que chegaremos ao IX Encontro Nacional da ASA, momento em que avaliaremos nossa trajetória, anunciaremos nossas conquistas, afirmaremos a nossa identidade, a valorização dos saberes de agricultores e agricultoras experimentadores, a convivência com o Semiárido, denunciando as injustiças com os povos e comunidades do semiárido, e apontando novos rumos para a ASA” relata Wberlhane.

 

Logo após foram discutido os pontos de pauta P1+2 e P1MC, participou dessa discussão o assessor técnico da AP1MC Rodrigo Lopes, falando sobre prospecção nos municípios. Os representantes das comunidades e assentamentos saíram como encaminhamento de fazerem levantamentos reais da quantidade de cisternas necessárias em suas comunidades e repassarem para a COOPERVIDA.

 

E para finalizar, foram realizadas discussões acerca dos temas Eleições da Asa Potiguar e 15 anos de COOPERVIDA, onde foi apresentado aos participantes a ideia de envolver todos nesse momento de comemoração da história da cooperativa.  

 

Dados os informes e agendado a próxima reunião, chegou-se ao seu fim com a certeza que o debate político e o fortalecimento das discussões sobre as causas sociais, são importantes ferramentas na construção de uma sociedade mais justa e consciente de seus deveres.


amigo Recomende esta página a um amigo