P1+2


A COOPERVIDA vem comemorando os resultados positivos da execução do termo do MDS do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2).

img

A equipe do programa vem cumprindo as metas exigidas, além disso, vem conseguindo construir um processo participativo de desenvolvimento rural no Semiárido brasileiro. 

img

A promoção da soberania, da segurança alimentar e nutricional, bem como a geração de emprego e renda

 

às famílias agricultoras, são conquistas da ação/reflexão sobre o acesso e manejo sustentáveis da terra e da água para produção de alimentos. Para o desenvolvimento de suas ações, a entidade vem atuando em três municípios potiguares: Mossoró, Serra do Mel e Assú.

 

Com a execução do projeto, a imagem do Semiárido potiguar vem mudando. Já foram construídas nos três municípios 234 tecnologias sociais ao longo desse processo. Sendo:

 

116 Cisternas Calçadão

25 Barreiros Trincheira

93 Cisternas Enxurradas,

 

Fazendo parte ainda deste processo, foram realizados cursos de capacitação para produção de alimentos em Gestão de Água para Produção (GAPA) e o Sistema Simplificado de Manejo de Água. (SSMA).

 

E para finalizar as construções das tecnologias sociais 69 estão para serem finalizadas atingindo a meta de 303, para isso a COOPERVIDA continua o processo de construção, trazendo melhorias na qualidade de vida das famílias do Semiárido potiguar.

 

Colaborar na produção e a soberania alimentar das famílias que vivem na Região Semiárida do Brasil, garantindo o acesso à água de qualidade é o grande objetivo do Programa Uma Terra e Duas Águas (P1+2), iniciativa promovida pela Articulação Semiárido Brasileiro (ASA) e que conta com a participação e colaboração dos moradores de cada um dos municípios envolvidos no programa. 

 


amigo Recomende esta página a um amigo